4 dicas para transformar seu curso presencial em um curso online

By 24/09/2018EAD
Convertendo seu curso ou treinamento presencial em um curso online

Com o mercado, cada vez mais crescente para treinamentos / cursos online, se você ou sua empresa atua somente de forma presencial, repense! É hora de utilizar a tecnologia de forma efetiva para difundir e multiplicar seu conteúdo.

Você ainda está com dúvidas se converte ou não seu treinamento presencial para EAD?

Tenha certeza de uma coisa: Este é o momento!

De acordo com o último censo realizado pela ABED, o número de pessoas que optam pela modalidade EAD é cada vez maior. E é cada vez maior também para treinamentos corporativos, pois a modalidade à distância é eficiente e mais econômica além de trazer inúmeras vantagens tais como: menores custos, flexibilidade, maior absorção de conteúdo.

Por tudo isso, talvez não exista momento mais apropriado para que você ou sua empresa comece a pensar em converter seus treinamentos/cursos presenciais para treinamentos/cursos online e, desta forma, expandir seus negócios.

Estruturar seu treinamento/curso em EAD não é tão complicado quanto possa parecer.

Neste post, vou te ajudar a colocar em prática esta conversão do planejamento até a aplicação do treinamento / curso online, que servirão tanto para àqueles que já atuam na área de treinamento e desenvolvimento como também àqueles que estão iniciando sua atuação na área de treinamento corporativo.

Você verá neste artigo:

  • Formatos de comunicação: Quais são e como funcionam?
  • Design Instrucional: O que é e qual a importância para seu treinamento ou curso online?
  • Plataforma EAD: Como identificar a plataforma ideal para seu treinamento / curso.
  • Primeira versão: a importância de realizar versão beta de seu treinamento / curso
    online.

Afinal, como iniciar?

Vamos partir do princípio de que seu curso já esteja todo elaborado de forma presencial. Portanto, você já estruturou todo o seu conteúdo direcionado para o seu público-alvo e com objetivos já determinados.

Um erro que muitos cometem é transferir exatamente o conteúdo já utilizado na modalidade presencial para EAD. Achar que simplesmente fazer um ctrl+C e ctrl+V de suas apostilas ou apresentações resolverá. Muito cuidado! Lembre-se: são modalidades diferentes e, por isto requerem planejamento e estruturas diferenciadas de acordo com a aplicação do treinamento/curso.

Formatos de comunicação: Quais são e como funcionam?

Após uma análise de seu conteúdo já preparado para a modalidade presencial, você deverá definir qual o formato de comunicação será adotado para o seu treinamento/curso online. Desta forma, determinará o tipo de interação que será estabelecida para promover e estimular o compartilhamento do conhecimento.

Existem dois tipos de formatos: síncrono e assíncrono. Você poderá optar por um, por
outro ou até mesmo ambos.

Formato síncrono

Utilizado de forma simultânea, neste formato, tutor e aluno trocam mensagens simultâneas, em horários específicos e por meio de chat e webinários (webinars).

Este é um modelo que se assemelha muito ao presencial, pois alunos e professores conectam-se no mesmo instante virtualmente conforme uma programação pré-determinada.

A principal vantagem deste tipo de comunicação é a proximidade aluno/professor. Porém, vai de encontro à flexibilidade de horário que tanto o aluno quanto o professor almejam ao adotar pela modalidade de curso/treinamento online.

Formato assíncrono

Neste formato, não há participação simultânea de ambos, professor e aluno. Os acessos realizam-se em momentos diferentes e permitem maior flexibilidade de horário.

O formato assíncrono dá mais autonomia ao aluno, que se torna protagonista. Porém exige maior disciplina para dar continuidade e conclusão ao treinamento/curso. O aluno deverá organizar-se melhor para conciliar sua disponibilidade entre o treinamento e outras atividades como trabalho e tarefas pessoais.

As ferramentas de comunicação mais utilizadas são e-mail e fórum de discussão. Com suas mensagens armazenadas, permitem que o aluno tenha acesso às informações trocadas sobre os temas pertinentes ao treinamento/curso.

Para optar sobre qual formato será utilizado, é importante levar em consideração o perfil de seus alunos e o tipo de conteúdo.

Você também poderá optar pela utilização dos dois formatos em seus treinamentos/cursos online.

Atualmente e considerada uma tendência para EAD cada vez maior, a Aprendizagem Social permite que a comunicação seja tanto síncrona como assíncrona. Esta funcionalidade possibilita a troca de experiências e conhecimentos tanto de professor para aluno quanto de aluno para aluno gerando maior absorção do conteúdo.

Para saber mais sobre a utilização da Aprendizagem Social em seus treinamentos/cursos online, temos um artigo que fala sobre a importância de sua utilização.

Design Instrucional: O que é e qual a importância para seu treinamento online.

O Design Instrucional é uma metodologia de planejamento de atividades de aprendizagem para cursos presenciais, semipresenciais e a distância. Quais materiais serão utilizados, como serão apresentados ao aluno, qual o método avaliativo será utilizado, são algumas atribuições importantes que contribuirão para maior engajamento e sucesso de seu treinamento/curso.

Levando em consideração o público-alvo, objetivo do treinamento/curso, como o conteúdo será apresentado ao aluno e quais métodos avaliativos, esta metodologia segue alguns modelos para sua aplicabilidade. O mais utilizado é o modelo ADDIE (Analysis/Análise, Design/Planejar, Development/Desenvolver, Implementation/Implementar, Evoluation/Avaliar).

Análise (Analysis)

Esta é a primeira etapa onde o designer instrucional faz todo um levantamento e análise do treinamento já aplicado considerando os possíveis problemas que deverão ser ajustados. Faz um estudo geral de desempenho do treinamento.

No nosso caso, para a conversão do treinamento/curso presencial para online, é o momento de analisar o desempenho do treinamento/curso presencial e ajustá-lo para aplicado em EAD levando em consideração o público-alvo, o material desenvolvido e o objetivo do treinamento/curso.

Design (Planejar)

Momento de definição das estratégias de acordo com o objetivo do treinamento/curso online. A fase do planejamento descreverá como o conteúdo será apresentado ao aluno baseando-se nas análises realizadas em etapa anterior.

Development (Desenvolver)

Momento em que o designer instrucional produz todo o material que será apresentado ao aluno tendo como base as duas etapas anteriores (análise e planejamento).

Implementation (Implementar)

Momento de apresentação do treinamento aos alunos. Para esta fase, sugerimos implementar uma versão Beta de seu treinamento/curso online para que se façam ajustes e correções necessárias.

Mais adiante, falaremos mais sobre a importância de fazer uma pré-avaliação do treinamento/curso online utilizando uma primeira versão.

Evoluation (Avaliar)

Fase em que a aplicação do treinamento/curso é avaliado como um todo de acordo com o seu objetivo, bem como a performance do aluno diante da metodologia instrucional aplicada para, se necessário, fazer uma adequação final.

Importante avaliar o grau de assimilação do conteúdo apresentado ao aluno utilizando os
resultados obtidos nas avaliações propostas.

Com objetivos bem determinados, para que seu treinamento/curso online tenha melhores
resultados, utilizar a metodologia de design instrucional, será um caminho para o sucesso da
aplicabilidade de seu conteúdo que visa atender seu público-alvo de maneira que absorção e
retenção sejam em grau elevado.

Plataforma EAD: Como identificar a plataforma ideal para seu treinamento/curso

Neste momento, de escolha da plataforma EAD que irá utilizar para desenvolver e distribuir seus treinamentos/cursos online.

Para melhor escolha, leve em consideração todo o estudo realizado anteriormente pelo designer instrucional, caso utilize a prática de design instrucional.

É importante avaliar as funcionalidades que cada plataforma EAD possui e que atenderão os objetivos estratégicos do treinamento/curso online, de acordo com o formato de comunicação escolhido.

Outro ponto importante para sua escolha é o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Um treinamento/curso online deverá estar um ambiente de fácil navegação, com fácil acesso ao material apresentado e suporte técnico adequado. Além disso, a plataforma EAD deverá ser responsiva, ou seja, deverá permitir que o acesso seja realizado em qualquer dispositivo como desktop, tablet, smartphone e ainda ser compatível com diferentes sistemas operacionais IOS/Android).

Tenha critérios bem estabelecidos para a escolha certa de uma Plataforma EAD que é uma das mais importantes fases para a conversão de seu conteúdo online, pois terá grande representatividade para alcançar o sucesso de seus treinamentos/cursos online.

Tem mais dúvidas sobre o que levar em consideração para a escolha da plataforma EAD certa para seu negócio? Temos um artigo com os 6 pontos relevantes para te ajudar a escolher qual melhor qual plataforma EAD adotar para seus cursos.

Primeira versão: a importância de realizar versão beta de seu treinamento/curso online

Após todas as etapas acima, é o momento de avaliar a conversão de seu conteúdo de presencial para online.

O ideal é oferecer seu treinamento/curso online para, inicialmente, um menor número de pessoas como uma versão Beta.

Desta forma, você terá como avaliar:

  1. Se o formato de comunicação foi adequado para o seu público-alvo;
  2. Se as análises e o planejamento realizadas por meio do design instrucional deverão ser ajustadas;
  3. Se a plataforma EAD escolhida atende ao seu público e aos recursos tecnológicos.

Esta etapa final é onde você avaliará, também, o feedback de seu público-alvo, retenção e absorção de conteúdo e, se preciso, realizar ajustes finais para o lançamento definitivo do treinamento/curso online.

Optar pela conversão de seus treinamentos/cursos presenciais para a modalidade online traz benefícios tanto para empresas em economia, capacidade de treinar um número maior de colaboradores e com mais eficiência. Para os alunos, proporcionam maior autonomia, pois determinam o horário e local para realizar seus treinamentos/cursos online, acesso ao material com maior flexibilidade, além de obterem maior absorção do conhecimento.

Agora que você já sabe quais as etapas para fazer sua conversão, é hora de começar a colocar em prática.

Para receber mais conteúdos, assine a nossa lista e receba no seu e-mail todas as novidades e técnicas para alavancar seus cursos online e seu projeto de EAD.

Facebook Comments