Como criar uma cultura de aprendizagem em sua empresa?

ilustração sugerindo uma equipe engajada pela cultura de aprendizagem

Há alguns anos gestores e líderes têm percebido a importância de investir em seus colaboradores. Afinal, na nova economia, o principal diferencial de uma empresa é o seu time. São as pessoas que serão capazes de responder rapidamente às mudanças do mercado e encontrar soluções criativas para problemas que ainda não somos capazes de prever. 

Ao analisar os últimos dez anos é notável a mutação de profissões já existentes e o surgimento de novas áreas de atuação. Isso se deve, lógico, ao surgimento das novas tecnologias, com elas novas demandas surgem quase que diariamente nas corporações. 

Sem dúvidas, todas essas evoluções são benéficas para a sociedade como um todo. Porém, neste cenário, o exercício de recrutar novos talentos e gerenciar pessoas tornou-se ainda mais desafiador. 

Com isso, a cultura de aprendizado ganha os holofotes. A qualificação do candidato no momento da contratação não é mais o único fator a ser analisado, sua personalidade e as chamadas soft skills também se tornam pontos chave.

Na contramão de algumas décadas atrás, onde a estabilidade profissional era resultado de uma constância de conhecimento aplicado no decorrer de anos, hoje, os profissionais devem possuir uma capacidade quase que intrínseca para uma mutação constante de sua atuação profissional. 

É preciso perceber que os diplomas e certificados de hoje, podem ser ultrapassados para o dia de amanhã. Ser capaz de perceber esse movimento mercadológico e manter uma constante busca por conhecimento é essencial. 

A cultura de aprendizado é responsável por tornar esse processo natural, incentivando o desenvolvimento de todos os membros da corporação e garantindo seu alinhamento de mercado frente às inovações.  

Culturas organizacionais, como se constroem? 

Toda corporação possui uma cultura organizacional enraizada, o problema é que por diversas vezes profissionais da alta gestão desconhecem a mesma e quais os impactos têm causado em seus funcionários. 

A cultura organizacional representa todos os valores e objetivos da empresa, é como ela se posiciona frente às situações, é de fato, como os funcionários enxergam e lidam com seu dia a dia de trabalho. 

O problema é que, muitas vezes, com modelos organizacionais ultrapassados, a tendência é de que, a longo prazo, a empresa como um todo se torne obsoleta. 

É necessário que os líderes possuam essa percepção e estejam atentos aos impactos de seu modelo organizacional em seus liderados. 

A cultura de aprendizagem 

Vai além da oferta pontual de cursos, treinamentos ou workshops. A cultura de aprendizagem é o incentivo e exemplo diário da corporação para o desenvolvimento individual e coletivo de seus membros. 

É preciso moldar um ambiente propício para este cenário,fornecer as ferramentas adequadas aos funcionários, estimular o estudo e o desenvolvimento pessoal. É literalmente um processo de mudança cultural. 

Membros das mais diversas hierarquias devem englobar o processo e, acima de tudo, o exemplo deve vir de cima. Pequenas mudanças comportamentais já podem representar um grande avanço para os indivíduos da corporação. 

Ainda mais frente ao próprio mercado de trabalho, a busca por profissionais qualificados para sua função é um trabalho árduo, profissionais em pleno desenvolvimento, ainda mais. Por isso, oferecer desenvolvimento e treinamento a seus colaboradores é parte importante na retenção de talentos. 

Lideranças devem ter em mente que a implementação da cultura de aprendizagem é um processo longo e deve ser contínuo. Por outro lado, seu retorno também é contínuo. Ao extrair o melhor de cada colaborador, as chances de expansão do negócio aumentam significativamente. 

Empresas que investem na cultura de aprendizagem tendem a aumentar sua produtividade e a eficácia de cada tarefa desempenhada, isso porque, garante que seus colaboradores estejam o mais qualificados possível. 

Além do mais, ao aplicar uma cultura de aprendizagem, o engajamento de todos os membros da corporação é elevado, o que diminui os altos custos com a evasão de funcionários.

Para iniciar a implementação da cultura de aprendizagem, possuir conhecimento de algumas etapas é fundamental para o sucesso da metodologia. Por isso, confira os 6 itens fundamentais para desenvolver essa cultura em sua corporação. 

  1. Liderança

Como em qualquer outro processo, a liderança é parte chave na implementação de uma mudança cultural. 

Sua participação nesse desenvolvimento deve englobar desde mudanças comportamentais, inserindo seus liderados em decisões importantes e dando abertura para que expressem suas opiniões, até uma mudança prática em sua busca por conhecimento e atualizações.

Incentivar a realização de cursos, treinamentos e o desenvolvimento pessoal, expressando em suas atitudes a busca por se desenvolver ao compartilhar seu conhecimento com todos os membros da equipe. 

2. Personalização do aprendizado

A cultura de aprendizado diz respeito ao desenvolvimento pessoal e profissional de cada colaborador. Este, deve ser um processo natural, espontâneo e alinhado às expectativas de carreira de cada um.

Por isso, alternativas de aprendizado como as aulas online são uma ótima opção nesse processo. Isso porque, torna-se viável o aprendizado personalizado, onde os mecanismos de uma Learning Experience Platform (LXP) facilitam essa particularização de forma automática.  

Sugerindo trilhas de conhecimento para cada área de conhecimento, com  base nos interesses profissionais de cada um. 

Outro ponto interessante é que ao fazer uso de mecanismos de aprendizagem online, é possível acompanhar o desenvolvimento de cada um dos colaboradores.Com isso, os planos de carreira passam para um novo patamar, com embasamentos e dados em tempo real. 

3. Oferecimento de recompensas

As empresas e gestores em geral tendem a valorizar o resultado e a alta produtividade, o que é totalmente compreensível. Porém, por outro lado, esse tipo de atitude tende a supersaturar os colaboradores. Que por mais qualificados que sejam, tendem a se omitir frente às altas demandas e necessidades de entregas. 

Ao oferecer recompensas para membros que buscam sua maior capacitação, o engajamento e o estímulo para a inovação permanecem presentes na organização.

Quando tratamos do termo “recompensas” é crucial assimilar que este, engloba atitudes, reconhecimento e até mesmo prêmios. Existem alternativas online, onde, algumas plataformas de aprendizado já contam com gamificações, que possuem justamente este objetivo. 

4. Aprendizado social

O aprendizado social está inserido na cultura de aprendizagem como mais uma forma de estímulo ao conhecimento. Nós, enquanto indivíduos tendemos a ser influenciados por atitudes, pessoas e ambientes que estamos inseridos. 

Por isso, incentivar o compartilhamento de informações e conhecimento entre os colaboradores é parte fundamental. Agendar treinamentos mensais ou mesmo semanais é maneira de trabalhar a questão. 

5. Programas de treinamento

Pessoas sem direcionamento não enxergam seu avanço e os benefícios nessa evolução, construir um programa de treinamentos e deixar claro quais os planos que a empresa possui para cada colaborador deve ser parte integrante na cultura de aprendizagem.

Os programas de treinamento reforçam os conteúdos aprendidos no universo online e estimulam uma evolução ainda maior. 

6. Ambiente intuitivo para o aprendizado

Optando por um ambiente online para desenvolver a cultura de aprendizagem,  é necessário garantir que a plataforma escolhida seja de fácil acesso e com um ambiente de aprendizagem intuitivo. 

Isso irá garantir que todos os membros da corporação, das mais diversas áreas, tenham facilidade ao acessar conteúdos e materiais publicados.

 

Algumas plataformas de aprendizado online possuem interface de aprendizado desenvolvidas justamente com este objetivo. A Hotscool por exemplo é uma delas, a ferramenta conta com um sistema extremamente acessível e intuitivo. Clique aqui para realizar um teste de 7 dias grátis na ferramenta. 

Seguir essas etapas é apenas a fase inicial de uma cultura de aprendizagem, essa cultura fornece inúmeras possibilidades para o desenvolvimento contínuo da corporação. Cabe aos líderes e gestores se manterem, também, atualizados e na busca por inovações.

Facebook Comments

Leave a Reply